Breve histórico da 1ª expedição "Pettená" para conquista do Pico do Itatins

16/08/2012 | Coluna: Meio Ambiente

Breve histórico da 1ª expedição

A Estação Ecológica de Juréia-Itatins recebeu o nome de duas regiões significativas em Peruíbe e Vale do Ribeira, as Serras da Juréia e do Itatins, as quais são ambientes muito especiais pelo seu valor ecológico e histórico/cultural, onde acontecimentos foram registrados desde a pré-história, passando pela colonização do Brasil até os dias atuais, lugares que fascinam, que enfeitiçam os aventureiros e os levam a desafiar os limites que o homem pode suportar, num lugar cercado de lendas e mistérios ainda não desvendados.

A história se inicia há 59 anos, quando três jovens se aventuraram para conquistar o pico mais alto da Serra do Itatins, o Dedo de Deus Paulista, medindo aproximadamente 1.300 m. que é o mais alto do Vale do Ribeira. Provavelmente já conhecido por indígenas da região que o denominaram como Itatins = nariz de pedra (Tupi-Guaraní), e posteriormente conhecido por ocupantes daquela área no período da escravidão, onde um Senhor de escravos conhecido como Julio Leite, com base nos relatos de um de seus escravos que havia fugido para aquela região,  organizou uma expedição sem sucesso ao Pico.

O 1º Ten. do Exercito, Rodolpho Pettená, tão conhecido como “Coronel Pettená”, em sua permanência pela região, teve acesso às tantas histórias ouvidas por lá e decidiu conquistar o Pico mais alto do Itatins, que acompanhado dos Srs. Orézio Ramalho, Roberto Pettená  e com o apoio do Grupo de Escoteiros de Santos, organizaram a destemida expedição. Após enfrentarem todas as dificuldades naturais impostas pelo ambiente, barreiras psicológicas e pequenos acidentes, um acidente que quase ocasionou a morte de Orézio; conquistaram o cume do Pico do Itatins – Dedo de Deus, por volta das 13h30 do dia 29 de julho de 1953.

A conquista fora anunciada as 15h00 pelo Ten. Pettená, através de um rádio transmissor, e comprovada por vários registros fotográfico efetuados durante o evento. O fato é levado ao público através de publicações de alguns jornais e pela transmissão e 1ª mão pelo “Repórter Esso” da Rádio e Televisão de São Paulo na TV Tupi.  Desde então, o Pico do Itatins e seus conquistadores se tornaram uma referência para muitas pessoas, tanto que, o pico fora conquistado por mais uma vez por um grupo de Curituba do Centro de Excursionistas e Alpinistas do Rio de Janeiro, que em reconhecimento e comemoração à 1ª conquista, chumbaram uma placa de bronze na parte mais alta do pico com os seguintes dizeres: “PICO DEDO DE DEUS PAULISTA”, PELA SUA CONQUISTA, 1º TEN. RODOLPHO PETTENÁ, ROBERTO PETTENÁ, ORÉZIO RAMALHO, AS 14h00 DO DIA 29/07/1957 “CENTRO DE EXCURSIONISTAS E ALPINISTAS DO RIO DE JANEIRO”.

A história da região continua em 08 de abril de 1958, quando o governo Jânio Quadros instituiu a Reserva dos Itatins através do Decreto Estadual nº 31.650, com área total de 12.059 hectares de terras declaradas devolutas, na vertente atlântica da área montanhosa da Serra dos Itatins. Finalmente, em 20 de janeiro de 1986, o Governo Franco Montoro, através do Decreto Estadual nº 24.646, estabeleceu a Estação Ecológica de Juréia-Itatins com cerca de 79.270 hectares. No ano seguinte editou em 28 de abril a Lei nº 5.649/87, ratificando a EEJI com uma área total de 79.830 hectares.

Até hoje, o Pico do Itatins, a Serra da Juréia e toda região são retentoras de muitas lendas, mistérios e histórias de aventureiros em busca de uma conquista, pessoas que contribuíram em transformar a Estação Ecológica de Juréia-Itatins como um marco da luta ambiental no estado de São Paulo.

Otto Hartung

Formado em Gestão Pública e pós-graduado em Gestão Ambiental pela UNINTER, Otto trabalha na área de meio ambiente desde 1989 pela Fundação Florestal. Além da natureza, nutre uma paixão pela música, tocando gaita de boca, violão, guitarra e vocal.


Comentários

Avaliação dos Internautas

Para enviar sua avaliação, você precisa registrar-se no Facebook e utilizar o aplicativo do PeruiBest. Obs: o PeruiBest não tem acesso e não salva sua senha do Facebook.