Governo do Estado volta atrás e anuncia 400 policiais civis durante Operação Verão na Baixada Santista

26/12/2011 | Editoria: Cidades

Após anunciar, na semana passada, que não haveria reforço policial, além de cinco delegados e mais 10 policiais para a segurança da Baixada Santista, nesta temporada. O Governo do Estado de São Paulo voltou atrás e anunciou reforço de 400 policiais civis para a Operação Verão.

Na manhã de sexta-feira (23), durante a inauguração da primeira filial do Hospital Emílio Ribas, o governador de São Paulo, Geraldo Alckimin, anuniciou a medida. “Os policiais civis, todos em função administrativa, irão atuar na área investigativa. Todas as férias e licenças estão suspensas, todo mundo está trabalhando”, explicou Alckimin.

As pessoas não precisarão ir até o distrito. Toda viatura da Polícia Militar terá um tablet, podendo ser feito tudo pela internet ou de qualquer base da PM. “Você só irá ao distrito em casos graves, de homicídio e latrocínio”, esclareceu o governador de São Paulo.

Além da Polícia Civil, a Polícia Militar também receberá reforços. “Serão 2 mil policiais militares a mais, sendo 1200 só na Baixada Santista, além de quatro helicópteros. Teremos também a vinda de 12 bases comunitárias, que vão ficar aqui independente da Operação Verão”, afirmou Alckimin.


Tags: Polícia, Civil, Militar, Governador, Geraldo Alckimin, Baixada Santista

Tamires Mieko Oliveira

Tamires Mieko é Jornalista formada pela UniSantos. Vive atenta aos esportes, moda e assuntos diversos. E, ainda assim, sempre arruma um tempinho para atualizar suas contas nas redes sociais.

 


Comentários

Avaliação dos Internautas

Para enviar sua avaliação, você precisa registrar-se no Facebook e utilizar o aplicativo do PeruiBest. Obs: o PeruiBest não tem acesso e não salva sua senha do Facebook.