Novas regras para pilotar jet ski entram em vigor na metade do ano

29/02/2012 | Editoria: Cidades

A partir do dia 2 de julho será exigido aulas práticas para quem quer renovar ou adquirir a carta arrais e a motonauta

Novas regras para pilotar jet ski entram em vigor na metade do ano

A Marinha do Brasil resolveu mudar algumas regras para a aquisição de habilitação de embarcações e jet skis. As mudanças entrarão em vigor a partir de 2 de  julho, para que as entidades credenciadas, como marinas, clubes e escolas náuticas, se adequem às alterações.

A mudança foi definida após a portaria n° 263 da Diretoria de Portos e Costas da Marinha, publicada em dezembro de 2011. Em todo o país, existem mais de 65 mil jet skis registrados. A embarcação deve ser registrada 15 dias após sua aquisição, caso o contrário, o proprietário estará sujeito a multa.

Atualmente, para conseguir a habilitação é preciso fazer curso teórico e uma prova de 40 questões de múltipla escolha. Mas a partir da metade do ano, para pilotar jet ski será preciso a motonauta, uma carteira específica, diferente da carta arrais. Além disso, será preciso cumprir quatro horas de aulas práticas. E para quem precisa renovar a carta arrais, será exigido 10 horas de aulas práticas.

Para obter a motonauta é necessário:

Em Peruíbe, a Nauticamar oferece cursos para a aquisição da habilitação. Para mais informações entre em contato pelo telefone 3458-1233 ou acesse http://www.nauticamar.com.br/.

Segundo a Capitania dos Portos do Estado de São Paulo, o cerco do Litoral Sul a Riviera de São Lourenço, em Bertioga, será mais apertado para que as novas regras sejam cumpridas.

Recentemente, dois casos ganharam destaque nacional, o da menina atropelada por um jet ski em Bertioga e o do pai que rebocava com um jet ski duas crianças em uma boia na represa Billings, em Ribeirão Preto.

Em entrevista a TV Tribuna, o capitão dos portos, Gerson Luiz Rodrigues, explicou que o jet ski não é uma embarcação de reboque. “O jet ski não é uma embarcação que permite nenhum reboque, principalmente em situações como esta que acabou ocorrendo. Já foi checado que a pessoa não era habilitada e não só praticando uma atividade irregular, como o reboque da boia, em um local que era cheio de obstáculos, uma vez que veio a colidir com o pilar da ponte, levando ao falecimento da criança”, disse o capitão Rodrigues.

Por isso a importância do conhecimento das regras de navegação, regras de manobras, legislação, entre outras. Para mais informações acessem o site da Capitanoa dos Portos, www.mar.mil.br/cpsp.


Tags: jet ski, bertioga, litoral, nova lei

Tamires Mieko Oliveira

Tamires Mieko é Jornalista formada pela UniSantos. Vive atenta aos esportes, moda e assuntos diversos. E, ainda assim, sempre arruma um tempinho para atualizar suas contas nas redes sociais.

 


Comentários

Avaliação dos Internautas

Para enviar sua avaliação, você precisa registrar-se no Facebook e utilizar o aplicativo do PeruiBest. Obs: o PeruiBest não tem acesso e não salva sua senha do Facebook.