Lama Curativa

Lama Curativa
5,0
de 1 avaliações (Avalie)

12/12/2011 | Editoria: Variedades

Rica em minerais, com propriedades terapêuticas e benefícios dermatológicos, a lama negra de Peruíbe é conhecida e frequentemente procurada por munícipes e turistas que, juntos, somam uma média de 60 visitantes diários ao Complexo Thermal na cidade.

Lama Curativa

São pessoas que saem em busca de uma alternativa auxiliar no tratamento de alguma doença, dermatológica ou não, ou mesmo com intenções puramente estéticas.

Enquanto medicina alternativa, a lama negra pode ser indicada para todas as patologias. Segundo o médico do Complexo, Dr. Paulo Flávio de Macedo Gouvêa, a lama não pode ser vista como uma monoterapia. “A lama negra deve ser sempre associada como coadjuvante e pode ser indicada para todas as patologias. Porque ela consegue fazer uma desintoxicação e tonificação do organismo, com isso, ela promove um resultado mais evidente que é o resultado anti-inflamatório. Por isso, as pessoas associam (o tratamento com a lama), imediatamente, a patologias que causam a dor”, disse Gouvêa.

Dr. Paulo Flávio de Macedo Gouvêa, médico do Complexo Thermal

Foi o que aconteceu com a aposentada Maria Saez Ganchar, de 77 anos, que iníciou o tratamento no joelho e na coluna em março do ano passado. “Eu ia operar os joelhos, os médicos queriam colocar próteses, e eu fiquei com medo de fazer a cirugia. E eu ouvi falar da lama negra e quis experimentar. Quando eu vim aqui, eu não andava, eu me segurava nas paredes. Eu fiz as aplicações e melhorou bastante.”, conta Maria que mora em São Paulo e está passando três semanas em Peruíbe para fazer as aplicações, porque, uma vez iniciado, o tratamento não pode ser interrompido.

Dermatologicamente, a lama é utilizada para limpeza de pele, clareamento de manchas, rosáceas, enfizemas, entre outros. O funcionário público José Batista Santos Filho, de 59 anos, está na metade do segundo ciclo de tratamento para psoríase. Ele mora em Santos e vem todos os dias durante o período de aplicação. “É uma doença emocional, e não há remédios. Mas estou 80, 90% bem melhor. A gente se sente outra pessoa. O atendimento aqui também é ótimo”, diz ele

Históricos curiosos é o que não falta, como o da menina Ana Júlia Duval Silva, de 10 anos, que tem vitiligo na região dos olhos. Ela está fazendo tratamento há 40 dias e já notou diferença. Segundo sua avó, que identificou-se apenas como Maria José, o tratamento foi indicado por um psicólogo de uma TV local. O médico do Complexo não deu certeza de cura para o caso dela, mas disse que eles poderiam tentar. E eles tentaram. Graças a isso, o tratamento que deveria durar 90 dias, será renovado por mais 90, pois está funcionando: a pele de Ana Júlia está repigmentando. “Está sendo um milagre, A alegria dela é evidente. Ela é outra criança”, diz Maria José.

Para poder realizar o tratamento com a Lama Negra, o primeiro passo é agendar uma avaliação medica por telefone (3455-2463). No dia da consulta, para facilitar o atendimento, o interessado deve ter seus exames em mãos e os nomes dos remédios que está tomando. Segundo o Dr. Gouvêa, muita gente chega ao local sem ter conhecimento da medicação que usa. “Eu (paciente) tomo uma pílula branca de manhã, outra de tarde. Mas o nome do remédio a maioria não sabe”, diz Gouvêa.

Aplicação da lama negraO Dr. Gouvêa está a frente do projeto Lama Negra desde o ínicio. Ele cursou medicina na Faculdade Federal do Amazonas e sempre teve interesse pela medicina biológica. Logo após se formar, resolveu fazer cursos de homeopatia, fitoterapia e acupuntura. Mas foi em uma viagem a Cuba, para finalizar um dos cursos, que Gouvêa se deparou com um estudo mais avançado sobre o uso da Lama Negra.  Conhecimento esse que ele acabou trazendo para Peruíbe.

Hoje em dia, o trabalho que realiza no Complexo Thermal, já é reconhecido em proporções mais amplas. “Nesse mês de novembro, nós vamos participar de um encontro internacional de termalismo, em Águas de Lindoia, onde vamos apresentar nosso projeto”, diz Gouvêa.

Para o coordenador do Complexo Thermal Lama Negra, Alexandre da Costa Ribeiro, a fé no poder de cura da lama é uma das chaves para o tratamento funcionar. “A pessoa tem que acreditar e se disponibilizar. Porque nós temos relatos de melhora em 4 ou 5 aplicações. Então, se a pessoa realmente quiser melhorar a situação dela, com certeza terá uma boa resposta”, explica.

E nisso, todos os envolvidos nesse trabalho, desde funcionários a pacientes, são unânimes: é preciso acreditar no poder da lama e encará-la como uma alternativa que poderá ajudar a solucionar o problema. Mas funciona, garantem eles.

Tamires Mieko Oliveira

Tamires Mieko é Jornalista formada pela UniSantos. Vive atenta aos esportes, moda e assuntos diversos. E, ainda assim, sempre arruma um tempinho para atualizar suas contas nas redes sociais.

 


Comentários

Avaliação dos Internautas

Cleide Verni - 14/12/2011 | 12:04 Adorei!!!

Eu já usei essa lama no rosto, para fins estéticos. A moça do balneário passa uma camada no nosso rosto com um pincel, assistimos um vídeo enquanto aguardamos a lama secar e depois é só enxaguar. Nessa hora acho que rola uma esfoliação da pele, porque a minha ficou mais lisinha :D



Para enviar sua avaliação, você precisa registrar-se no Facebook e utilizar o aplicativo do PeruiBest. Obs: o PeruiBest não tem acesso e não salva sua senha do Facebook.