Lei proíbe poluição visual em campanha para eleições municipais

31/10/2011 | Editoria: Variedades

Agora está proibido fazer propaganda eleitoral em muros, fachadas, paredes, ou usando faixas e banners, na cidade de Peruíbe. O projeto de lei “Cidade Limpa nas Eleições” foi baseado em leis já existentes nos municípios de Ribeirão Preto e Campinas.

Agora está proibido fazer propaganda eleitoral em muros, fachadas, paredes, ou usando faixas e banners, na cidade de Peruíbe. O projeto de lei “Cidade Limpa nas Eleições” foi baseado em leis já existentes nos municípios de Ribeirão Preto e Campinas.

De autoria da vereadora Onira Betioli e do vereador Antonio Francisco Ricardo, conhecido como Toninho do Frango, a lei ganhou apoio da maioria dos vereadores, sendo aprovada durante a sessão do dia 19, e também dos moradores da cidade.

Peruíbe é a primeira cidade da região a aprovar a proibição desse tipo de propaganda eleitoral. O projeto de lei foi criado com o objetivo de deixar a cidade mais limpa nas eleições, evitando principalmente a poluição visual. Para a vereadora Onira, "durante o período eleitoral os candidatos devem dar prioridade ao debate de ideias, projetos e programas para a cidade, e não apenas para o marketing eleitoral", diz ela.


Tags: lei cidade limpa, propaganda eleitoral, Onira Betioli , Antonio Francisco Ricardo


Comentários

Avaliação dos Internautas

Para enviar sua avaliação, você precisa registrar-se no Facebook e utilizar o aplicativo do PeruiBest. Obs: o PeruiBest não tem acesso e não salva sua senha do Facebook.